quinta-feira, 24 de julho de 2008

Poesia

Estava Eu a procura de um assunto, quando me veio a mente... POESIA, mas aí pensei, escrever sobre algum poeta ou vários? Sobre qual linha de posia? Sobre poetas recentes ou históricos? Famosos ou ainda pouco conhecidos?
Nossa muita dúvida!
Então resolvi postar uma poesia Consagrada de Manuel Bandeira, uma música que Gosto muito que não deixa de ser uma poesia, e ainda um de um músico que eu particularmente considero-o poeta, gênio Gabriel Pensador!

Manuel Bandeira
Renúncia

Chora de manso e no íntimo... Procura
Curtir sem queixa o mal que te crucia:
O mundo é sem piedade e até riria
Da tua inconsolável amargura.
Só a dor enobrece e é grande e é pura.
Aprende a amá-la que a amarás um dia.
Então ela será tua alegria,
E será, ela só, tua ventura...
A vida é vã como a sombra que passa...
Sofre sereno e dalma sobranceira,
Sem um grito sequer,tua desgraça.
Encerra em ti tua tristeza inteira.
E pede humildemente a Deus que a faça
Tua doce e constante companheira...

Veja Bem, Meu Bem
Los Hermanos
Composição: Marcelo Camelo


Veja bem meu bem
Sinto lhe informar
Que arranjei alguém
Pra me confortar

E esse alguém está
Quando você sai
E eu só posso crer
Pois sem ter você
Nesses braços tais

Veja bem amor
Onde está você
Somos no papel
Mas não no viver

Viajar sem mim
Me deixar assim
Tive que arranjar
Alguém pra passar
Os dias ruins

E enquanto isso
Navegando eu vou sem paz
Sem ter um porto,
quase morto
Sem um cais

E eu nunca vou
Te esquecer amor
Mas a solidão
Deixa o coração
Nesse leva e traz

Veja bem além
Desses fatos vis
Saiba traições
São bem mais sutis

Se eu te troquei
Não foi por maldade
Amor, veja bem
Arranjei alguém
Chamado saudade


Tás a ver?
Gabriel Pensador


Tás a ver o que eu estou a ver?
Tás a ver estás a perceber?
Tás a ouvir o que eu estou a dizer?
Tás a ouvir estás a perceber?

Eu tenho visto tanta coisa nesse meu caminho
Nessa nossa trilha que eu não ando sozinho
Tenho visto tanta coisa tanta cena
Mais empaquitante do que qualquer filme de cinema
E se milhares de filmes não traduzem nem reproduzem
A amplitude do que eu tenho visto
Não vou mentir pra mim mesmo acreditando
Que uma música é capaz de expressar tudo isso
Não vou mentir pra mim mesmo acreditando
Mas eu preciso acreditar na comunicação
Mas eu preciso acreditar na...
Não há melhor antídoto pra solidão
E é por isso que eu não fico satisfeito
Em sentir o que eu sinto
Se o que eu sinto fica só no meu peito
Por mas que eu seja egoísta
Aprendi a dividir as emoções e os seus efeitos
Sei que o mundo é um novelo uma só corrente
Posso vê-lo por seus belos elos transparentes
Mudam cores e valores mas tá tudo junto
Por mas que eu saiba eu ainda pergunto.


Bem eclética né?

Beijos!

7 comentários:

Juliana disse...

Theeise,
beeeeeeeeeeem eclética!! hehehe
e acertou viw? as 3 'poesias' são ótimas....

grande beijo
te amo

Juliana disse...

Theeise...
vamos atualizar?
Bjinhoos

Yasminni disse...

Oi anjinho, esta vendo, estou de volta?
Prometo não abandonar nada disso aqui.
Muito eclética mesmo, mas eu adorei!
Beijinhos, amo te muito

Cris Santos disse...

Olá Thaise, bem eclética e acertou em cheio!
Manoel Bandeira, Los Hermanos e Gabriel o Pensador são otimos!
Beijos, companheira de profissão e conterrânea!

Cris Santos disse...

Ola Thaise, a criatividade anda me faltando sim rs... ela só participa dos primeiros capitulos e sai de ferias antes do fim; então não termino texto nenhum rs.
Ser correspondentes, trocar opiniões? Claro!
Vou passar sempre por aqui;)
Você faz facul aonde, marilia?
Eu já tentei ter algum contato com outros blogs daqui (do fim do mundo), mas como quase ninguem respondia...
Atualiza?
Beijos ;)

Victor Canti disse...

nossa, perfeita sua seleção!!!
gostei de todas, a do Manuel Bandeira e do Gabriel eu não conhecia, achei que esta mistura caiu muito bem, faça mais...rs
bjs

GUILHERME PIÃO disse...

Olá...
Não era muito chegado a poesia, poemas e etc, hoje aprendi a apreciar e a gostar.
É um jeito de se expressar significativo, onde quem lê tem que ler e entender...parabéns.
Abraços